10 filmes essenciais para entender Jean-Luc Godard

Um dos diretores mais produtivos do último meio século, o francês Jean-Luc Godard é, certamente, o cineasta de renome internacional que mais experimentou as possibilidades narrativas do cinema e do vídeo.

Desde seu primeiro longa, Acossado (1960), uma das peças-chaves para entender a Nouvelle Vague, Godard conseguiu explorar em sua obra os rumos do próprio cinema, o papel da arte, filosofia, religião e política — muitas vezes concomitantemente e em compasso com as mudanças comportamentais do ser humano.

O CINECLUBE selecionou 10 filmes essenciais para compreender a carreira do diretor, sobretudo seus primeiros longas, na década de 1960, quando abalou a narrativa e estética cinematográfica ao lado de outros jovens diretores franceses. Estão na lista desde a obra-prima Acossado, filmes em parceria com sua esposa e musa, Anna Karina (como Banda a parte); filmes de sua fase mais política, como A chinesa (1967) até o polêmico Eu vos saúdo, Maria, proibido no Brasil nos Anos 1980.

Nouvelle Vague Banner
ACOSSADO
(À bout de souffle, 1960)

ACOSSADO
Sinopse: Michel (Belmondo) rouba um carro, mata um policial e vai ao encontro de Patrícia (Jean Seberg), a quem tenta convencer de fugir para a Itália.

VIVER A VIDA
(Vivre sa vie, 1962)

Anna Karina como Nana Kleinfrankenheim em Viver a Vida (Vivre sa vie
Sinopse: Nana é uma jovem que abandona o seu marido e o seu filho para iniciar sua carreira como atriz. Para financiar sua nova vida começa a trabalhar numa loja de discos, mas como não ganha muito dinheiro, decide virar prostituta.

O DESPREZO
(Le Mepris, 1963)

O Desprezo (Le Mépris, dir. Jean-Luc Godard, 1963)
Sinopse: Um roteirista (Michel Piccoli) vai a Roma para trabalhar em uma adaptação de A Odisseia, dirigida por Fritz Lang. Enquanto decide os detalhes para o trabalho, sua relação com a esposa (Brigitte Bardot) desaba em um jogo de paixão, ciúmes e desprezo.

BANDA À PARTE
(Bande à part, dir. Jean-Luc Godard, 1964)

Sami Frey, Anna Karina, and Claude Brasseur in Godard's BAND OF OUTSIDERS (1964). Credit: Film Forum/Rialto Pictures. September 7 - 13
Sinopse: Odile é seduzida por dois ladrões, que ficam sabendo da fortuna de uma tia da garota. Eles tramam roubar seus bens mas, para isso, precisam que Odile se apaixone por um dos dois.

ALPHAVILLE
(Alphaville, 1965)

640

Sinopse: Natascha é filha do professor von Braun, criador do Alpha 60, o computador sem sentimentos que comanda a cidade de Alphaville e ameaça destruí-la. Agora, ela terá de ajudar um agente a deter a máquina.

O DEMÔNIO DAS 11 HORAS
(Pierrot le fou, 1965)

pierrot le fou
Sinopse: Marianne é uma babá que foge com seu chefe e ex-amante, que anda desiludido da vida. Na fuga, se envolvem com tráfico de armas e conspirações políticas

MASCULINO, FEMININO
(Masculin Féminin, 1966)


Sinopse: Conta a história de Paul (Léaud), que abandona o serviço militar francês para militar contra a Guerra do Vietnã, e de sua namorada, Madeleine (Chantal Goya), que tenta uma carreira como cantora pop.

DUAS OU TRÊS COISAS QUE SEI DELA
(Deux ou trois choses que je sais d’elle, 1967)

2-ou-3-choses-003
Sinopse: Uma crônica da Paris dos anos 1960, uma sociedade extremamente consumista, indiferente à Guerra do Vietnã e aos males do mundo, a partir da rotina de Juliette Janson (Marina Vlady), uma dona de casa dividida entre os afazeres domésticos e a prostituição.

A CHINESA
(La Chinoise, dir. Jean-Luc Godard, 1967)
la-chinoise
Sinopse: Um dos primeiros filmes de viés político do diretor. Enquanto discute temas como Revolução Chinesa e Socialismo, um grupo de estudantes planeja ações terroristas.

EU VOS SAÚDO, MARIA
(Je Vous Salue Marie, 1985)

Sin título
Sinopse: Proibido no Brasil durante o governo de José Sarney (1985-1990), o filme narra duas histórias paralelas sobre a difícil convivência entre corpo e espírito, trazendo para os dias atuais a história de Maria, mãe de Jesus.

Bolsas 2 Banner FECHADO

Comentários
,