10 filmes essenciais para jornalistas

O jornalismo sempre foi frequente no banco dos réus do cinema. Seja retratado por repórteres desprovidos de escrúpulo ou representado por homens destemidos capazes de derrubar governos, as redações causam enorme interesse em produtores, diretores e, claro, no público. Óbvio que existem dezenas de filmes sobre o assunto, mas O CINECLUBE elegeu 10 produções cujo fio condutor é o jornalismo. Do oportunismo dos protagonistas de A montanha dos Sete Abutres (1951) e Embriaguez de Sucesso (1957) ao bom-mocismo de James Stewart em Sublime Devoção (1948) a clássicos como Todos os homens do presidente e Rede de Intrigas (ambos de 1976).

Bolsas 2 Banner FECHADO

JEJUM DE AMOR
(His Girl Friday, dir. Howard Hawks, 1940)
Em uma época que era incomum mulheres na redação, Rosalind Russel brilha no papel de uma repórter que quer abandonar a carreira, mas o faro pela notícia não deixa. É uma comédia ácida e reveladora. Foi refilmada por Billy Wilder, em 1974, como A primeira página (The Front Page), igualmente divertido.

Jejum de amor

SUBLIME DEVOÇÃO
(Call Northside 777, dir. Henry Hathaway, 1948)
Embora pouco lembrado em listas sobre jornalismo, Sublime Devoção traz James Stewart como um repórter que se solidariza com o drama de uma mãe, que sofre com a prisão injusta do filho. Para ajudá-la, o repórter sai em busca de provas.

Sublime devoção

A MONTANHA DOS SETE ABUTRES
(Ace in the Hole, dir. Billy Wilder, 1951)

O grande clássico sobre exploração do sofrimento em busca de audiência. Um repórter fracassado vivido por Kirk Douglas vê a chance de escrever sua melhor história sobre um homem que ficou preso em uma mina. Para isso, manipula os fatos para ganhar notoriedade.

A montanha dos sete abutres

EMBRIAGUEZ DE SUCESSO
(Sweet smell of success, dir. Alexander Mackendrick, 1957)

Um colunista social vivido por Burt Lancaster, ajudado por um assessor de imprensa (Tony Curtis) tenta impedir o relacionamento de sua irmã com um músico por meio de mentiras em sua coluna.

Embriaguez de sucesso

TERRA EM TRANSE
(dir. Glauber Rocha, 1967)

Esse drama alegórico de Glauber Rocha, que sintetiza a história política do Brasil e da América Latina, é conduzida pelas agruras do jornalista Paulo Martins, idealista ligado a um político conservador, que o troca para ajudar a eleger um vereador populista.

Terra em transe

TODOS OS HOMENS DO PRESIDENTE
(All the president’s men, dir. Alan J. Pakula, 1976)

O filme mais lembrado sobre jornalismo. Robert Redford e Dustin Hoffman interpretam os jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein, do Washington Post, que revelaram o escândalo de espionagem, o Watergate, que derrubou o presidente Richard Nixon.

Todos os homens do presidente

REDE DE INTRIGAS
(Network, dir. Sidney Lumet, 1976)

Um apresentador (Peter Finch), prestes a ser demitido, anuncia que vai cometer suicidar ao vivo e, por esta razão, começa a ter audiência, se transformando em uma espécia de “Profeta do Apocalipse” – devidamente explorado pelo canal de TV.

Network, dir. Sidney Lumet

NOS BASTIDORES DA NOTÍCIA
(Broadcast News, dir. James L. Brooks, 1987)

Essa mistura de comédia e drama explora personagens caricatos de um telejornal: a produtora se envolve com um novo locutor de notícias, despertando os ciúmes de um competente repórter, que também a ama.

Broadcast News, dir. James L. Brooks

BOA NOITE, E BOA SORTE
(Good Night, and good luck, dir. George Clooney, 2005)

Nos primeiros anos da TV nos Estados Unidos, um âncora entra em confronto com o senador Joseph McCarthy, responsável pela caça aos comunistas na década de 1950. O embate trará consequências à recém-implantada televisão.

Good Night, and good luck, dir. George Clooney

INTRIGAS DE ESTADO
(State of play, dir. Kevin Macdonald, 2009)

O filme retrata a proximidade dos jornalistas com o poder. Ex-companheiro de quarto de um jovem senador e agora repórter de um jornal, o personagem de Russell Crowe investiga a morte de uma amante que ameaça a carreira do político.

State of play

Clássicos do cinema Banner FECHADO

Comentários
3 comments on “10 filmes essenciais para jornalistas
  1. Excelente lista (estou a fazer uma tese de mestrado sobre o tema, e escolhi a maioria dos vossos filmes!), mas atenção, que no State of Play o Russell Crowe é ex-colega de quarto da universidade da personagem do senador (Ben Affleck), não ex-chefe de campanha.

    E nbão é um ex-amante, é uma (actual) amante.

  2. Pingback: Cineclube | 8 filmes para fotógrafos e amantes da fotografia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *